Rio Jordão onde Jesus Cristo foi batizado por João Batista

JORDÃO (corrente, descendente) do rio mais longo e importante da Palestina (veja Mapa 3, C-1). O rio faz parte do grande vale que se estende de norte a sul até a África. Esse vale é uma das mais nome baixas depressões da Terra.

Como surgiu o Rio Jordão ?

As origens do rio Jordão, que tem três fontes principais, tem início no norte do lago Hulé. Depois de escoar nesse lago, o Jordão desce para o mar da Galiléia. É possível passar o rio a vau exatamente em sua parte baixa onde as águas são rasas. No mundo antigo, caravanas de comerciantes que partiam de Damasco com destino ao Egito provavelmente cruzavam nesse ponto.

No lago Hulé, as partes superiores do Jordão chegam a aproximadamente 70 metros acima do nível do mar. A cerca de 16 quilômetros ao sul do mar da Galiléia, o rio tem 213 metros abaixo do nível do mar, aproximadamente. No extremo norte do mar Morto (no fim do Jordão), o rio cai para 393 metros abaixo do nível do mar.

Essa queda drástica reflete-se no nome do e na primavera, permitindo, assim, a boa irrigação das terras cultivadas dos arredores. Foi provavelmente essa área fértil chamou a atenção de Ló (Gn 13.10). As regiões central e sul da Palestina, paralelas ao Jordão, são tidas como terrenos erodidos por chuvas escassas. Esse tipo de território é interrompido somente por algum oásis ocasional, tal como aqueles de Jericó.

O vale baixo do Jordão pode ser dividido em três regiões distintas. A primeira região é Zor, ou moitas de vegetação rasteira, que, devido a enchentes sazonais acabou produzindo florestas de vinhas, densas matas, arbustos, salgueiros e álamos.

Rio Jordão na Biblia

Essa área é, porque vezes, mencionada na Bíblia como “floresta do Jordão” (Jr 12.5; 49.19; Zc 11.3; matas do rio Jordão, NTLH). Os filhos dos profetas cortavam árvores nas matas do Jordão quando Eliseu fez um machado de ferro flutuar no rio, depois de ter-se perdido (2Rs 6.1-7).

A segunda região é Gatara, ou terreno erodido, fora de Zor. Essa área é coberta com sedimentos, provavelmente desde o período em que todo o vale foi inundado.

Até os tempos modernos, o solo era muito salgado para cultivo. No entanto, os cientistas israelitas modernos têm recuperado o solo com água doce.

A terceira região da parte baixa do Jordão é Gor, ou região mais elevada. Essa área é íngreme, porém fértil. Tem sustentado a agricultura especialmente nos primeiros 40 quilômetros do extremo norte do rio. Os últimos oito quilômetros do extremo sul são muito improdutivos para lavoura.

Quando as tribos dos hebreus aproximaram-se da terra prometida, partiram do lado leste do Jordão. Até certo ponto, o rio Jordão servia como limite entre as tribos (Nm 34.12). A Israel antigo ocupava o território de ambos os lados do rio. As tribos de Rúben, Gade e a meia tribo de Manassés estabeleceram-se do lado leste do Jordão.

Os grupos mais fracos sempre seguiam a leste do Jordão para escapar das pressões de seus opositores. Por exemplo, Abner levou Isbosete, filho de Saul, ao lado ocidental do Jordão em oposição a Davi (2Sm 2.8).

Davi fugiu para o lado ocidental depois do sucesso inicial de Absalão (2Sm 17.22-24; 19.15-18). Entretanto, a travessia do Jordão de leste a oeste era um símbolo da chegada dos hebreus à terra prometida. O lado oriental do Jordão era a área geralmente considerada como prometida a Abraão.

Foi, provavelmente, pelo extremo sul do rio, perto de Jericó, que o Israel antigo entrou na região de Canaã (Js 3-4). Em Gilgal, próximo do mar Morto, no lado oeste do rio, a cerca de 1.600 metros de Jericó, um importante lugar sagrado foi estabelecido para a comemoração da entrada dos israelitas na terra (Js 4.19; 1Sm 7.16; 10.8).

No período entre o Antigo Testamento e o Novo Testamento, o rio Jordão formou a principal fronteira ocidental da província grega e persa da Judéia. DECÁPOLIS, federação de dez cidades gregas, era formada na região leste do Jordão no período grego.

O Batismo de Jesus no Rio Jordão

João Batista cumpriu seu ministério na região do rio Jordão (Mt 3.5-6; Mc 1.5; Lc 3.3; Jo 1.28; 3.26). O ministério de Jesus foi iniciado com o seu batismo nas águas do Jordão (Mt 3.13; Mc 1.9; Lc 4.1). Jesus realizou seu ministério em ambos os lados do Jordão (Mt 4.15, 25; Mc 3.8; Jo 10.40).

.

Venha com a gente nesta maravihosa viagem a Israel !

Clique e conheça nossas próximas viagens a Israel

Saiba em primeira mão !

Cadastre-se que vamos te informar quando Israel abrir para turistas brasileiros

OK ! Vamos te informar